Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva

Doutor... como posso reduzir os Triglicerídeos?

Doutor... como posso reduzir os Triglicerídeos?

É muito importante controlar o nível de Triglicerídeos (ou Triglicérides) para evitar complicações graves a longo prazo.

Os Triglicerídeos são as principais gorduras, presentes no sangue, do nosso organismo. Os riscos, por exemplo, de doenças cardíacas e derrame aumentam quando a taxa está acima de 150 ml/dl em jejum. Como podemos diminuir as chances desse problema?

 

A Hipertrigliceridemiaque significa níveis elevados de Triglicérides (acima de 150 mg por 100 ml de sangue) — pode ser tratada normalmente adaptando os hábitos do dia a dia, incluindo uma dieta mais saudável, a prática de atividade física e redução da ingestão de bebidas alcoólicas. Se esses níveis estiverem entre 250 e 300 mg por 100 ml de sangue, será necessário o uso de medicamentos conhecidos como Fibratos.

 

Em pacientes com níveis elevados de Triglicerídeos — acima de 200 mg/dl — deve-se considerar o tratamento com medicamentos. Vale destacar que, mesmo adotando o tratamento com medicamentos, não se exclui a obrigatoriedade de mudanças nos hábitos saudáveis.

 

O que pode ser feito para combater os níveis elevados de Triglicerídeos?

 

É necessário manter um peso adequado. Consulte seu médico e peça que indique qual seu peso ideal. O bom é que uma pequena perda de peso (entre 3 a 5 quilos) já ajuda na redução de níveis elevados de Triglicérides.

 

A eficácia e benefícios que o tratamento proporciona, através do uso de medicamentos, ficará muito longe do desejado se não houver também um controle profundo na dieta e do diabetes, na perda de peso e maior esforço nas atividades físicas. Na dieta pode-se incluir o consumo de Ômega 3, presente em peixes e oleaginosas, que auxilia no combate ao excesso de Triglicerídeos.

 

• Diminua as calorias:

    Reduza a quantidade de calorias que você consome para também reduzir os Triglicérides. Calorias extras são convertidas em Triglicérides e armazenadas como gordura.

 

• Evite alimentos açucarados e refinados:

    Refrigerantes, bolachas e alimentos feitos com farinha branca são carboidratos simples e podem aumentar os Triglicérides.

 

• Faça uso de gorduras saudáveis:

    Consuma gorduras boas como o azeite de oliva natural, castanhas, amendoim, amêndoas, sementes de chia, linhaça, girassol. Dê preferência para as carnes de peixes como atum, sardinha e salmão, e abacate. Evite consumir alimentos ricos em gordura processada, como salsicha, linguiça, presunto, mortadela, hambúrguer e comida pronta congelada.

 

    Consuma mais frutas, verduras e alimentos integrais, como o arroz integral, pão integral, macarrão integral, farelo de trigo e de aveia, aveia em flocos, quinoa, lentilha e sementes, como chia, linhaça, gergelim, abóbora e girassol, que são ricos em fibras e ajudam na redução dos níveis de gorduras e açúcares no sangue.

 

 

Fique atento a sua saúde. Para manter-se sempre saudável é essencial realizar exames preventivos periodicamente.

 

Um abraço para todos.
Dr. Rodrigo Paez | Cardiovascular | CRM-SP: 94060
Cirurgia Geral - RQE Nº. 22272
Cirurgia Cardiovascular - RQE Nº. 22273

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez

Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post