Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
O colesterol alto não apresenta sintomas e exige exames periódicos.

O colesterol alto não apresenta sintomas e exige exames periódicos.

É muito importante controlar dos índices do colesterol, substância presente na corrente sanguínea.

Quem já passou por exames médicos de rotina já deve ter ouvido falar sobre a importância de controlar os índices do colesterol, substância presente na corrente sanguínea e que em quantidades elevadas pode representar sérios riscos para a saúde.

 

O colesterol são partículas de gordura que existem no nosso organismo e o colesterol ruim pode ser depositado nos vasos levando a algumas doenças cardiovasculares”, explica a endocrinologista Tatiana Valente.

 

O colesterol alto pode ser um perigo silencioso e, na maioria das vezes, não apresenta sintomas. Por isso, é importante estar alerta para os níveis da substância no organismo. “Esse colesterol vai se depositando nos vasos, então os sintomas não aparecem tão rápido e podem acontecer ao longo de vários anos. Por isso é importante a realização de exames periódicos para detectar os níveis e fazer o tratamento adequado”, orienta a endocrinologista.

 

O problema está associado a hábitos pouco saudáveis, como a má alimentação e o sedentarismo. Tatiana Verenos já foi diagnosticada com colesterol alto e passou a mudar sua rotina. “Eu já levei alguns puxões de orelha e tive que mudar meus hábitos alimentares. É difícil, porque a gente acaba dando uma escapada e comendo o que não pode, mas é preciso cuidar”, comenta.

 

Desafio para os dias frios

 

Na estação mais fria do ano, o organismo gasta mais energia para manter a temperatura do corpo aquecida e o principal efeito disso é o consumo imediato de mais alimentos. A adaptação de sopas, carnes, chás e fondues. Para não comprometer a saúde, o ideal é evitar as chamadas dietas da moda, pois “podem causar sérios prejuízos à saúde”, alerta a nutricionista Denise Evazian, do Instituto Central do Hospital das Clínicas.

 

A necessidade calórica de cada pessoa não costuma ser tão alta quanto a quantidade de alimentos ingerida no inverno”, destaca a médica Elisabete Almeida. Somado a esses fatores, é no inverno que as pessoas costumam abandonar a prática de atividades físicas e as comidas calóricas são ainda mais tentadoras. “O consumo exagerado pode resultar em aumento de peso e, em casos extremos, diabetes descompensado e colesterol alto”, afirma.

 

 

Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo - SP Saúde. "Colesterol alto é perigo silencioso e exige exames periódicos". Autorizado sob licença CC BY-ND 3.0 BR.

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post