Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva

TAVI - Implante de Válvula Aórtica Transcateter.

TAVI - Implante de Válvula Aórtica Transcateter.

Você sabia que o Implante de Válvula Aórtica Transcateter é uma opção para pacientes idosos com Estenose Aórtica?

A Estenose Aórtica - que é uma doença bem mais comum nos idosos - é uma condição em que a Válvula Aórtica se torna estreitada. Esse estreitamento dificulta a sua abertura completamente, reduzindo ou bloqueando o fluxo de sangue do coração para a aorta e também para o restante do corpo. Quando ocorre o bloqueio parcial do fluxo sanguíneo através da Válvula Aórtica, o coração é forçado a trabalhar mais para conseguir bombear o sangue necessário para suprir as necessidades do corpo. Devido a esse trabalho extra, pode ocorrer o espessamento do músculo cardíaco.

 

É uma doença muito incapacitante e os medicamentos conseguem prorrogar a cirurgia somente por algum tempo. A cada descompensação que a doença acarreta, a qualidade de vida do paciente diminui, o uso de medicamentos aumenta, as internações se tornam frequentes e o paciente torna-se mais limitado fisicamente. Cansaço para pequenos esforços e infecções pulmonares (pneumonias) se tornam rotineiras.

 

O tratamento da Estenose Aórtica com TAVI - Implante de Válvula Aórtica Transcateter - trouxe uma nova oportunidade para esses pacientes mais frágeis, com comorbidades, de maneira rápida e segura.

 

O TAVI - Implante de Válvula Aórtica Transcateter - é a colocação de uma nova válvula aórtica no coração, biológica, de pericárdio bovino, na maioria das vezes.

 

A colocação dessa válvula é bem rápida e ocorre via cateter, percorrendo seu caminho até o coração pelas artérias periféricas (Femoral, Subclávia, Carótida, Via Aorta) ou até pela ponta do coração (TAVI Apical), nos pacientes com problemas de circulação nas pernas (Arteriopatia Periférica, Síndrome de Leriche, Cirurgias Vasculares Prévias). O procedimento não utiliza circulação extracorpórea e o paciente vai extubado para a UTI. A estadia hospitalar depende de vários fatores, porém existem casos de alta hospitalar no dia seguinte, em menos de 48 horas.

 

Cuide sempre bem do seu coração!

 

Um abraço para todos.
Dr. Rodrigo Paez.

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez

Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post