Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
Saiba mais sobre o exame de Ecocardiografia sob estresse farmacológico.

Saiba mais sobre o exame de Ecocardiografia sob estresse farmacológico.

É uma avaliação do funcionamento do coração sob estresse, via medicação, causando aceleração dos batimentos cardíacos.

A ecocardiografia ou ecocardiograma sob estresse farmacológico é um exame de ultrassom do coração, associado ao uso de medicamentos, que possibilitam visualizar a contração do coração em repouso e em esforço máximo, semelhante ao atingido durante o exame de esforço realizado em esteira ergométrica.

 

 

Como é feito

 

O paciente recebe os medicamentos por uma veia (via intravenosa) e em doses crescentes – chamadas “estágios do exame”. Cada estágio tem a duração aproximada de 3 minutos. Durante a realização do exame, são verificadas continuamente a pressão arterial, a frequência e o ritmo cardíaco, além dos níveis de oxigênio no sangue; também são realizados eletrocardiogramas em cada estágio.

 

O paciente permanece em repouso durante 30 minutos após o término do exame. Após 60 minutos, pode retornar à sua rotina, sem restrição de dieta. Caso utilize medicação de uso contínuo, esta deverá ser ingerida normalmente.

 

 

Indicação

 

Em casos de suspeita de obstrução das artérias coronárias, responsáveis pela irrigação do músculo do coração (doença arterial coronária).

 

Para avaliação de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica (ponte de safena ou de mamária etc.) ou angioplastia coronária com ou sem colocação de stents.

 

 

Contraindicação

 

Na fase aguda de síndromes coronárias (IAM e angina instável).

 

Pode ser contraindicado para pacientes com hipertensão arterial descontrolada, arritmia ventricular ou que já apresentaram reações adversas ao uso da medicação, ou contraindicado para pacientes com história de asma ou chiado no peito ou que já apresentaram reações adversas ao uso da medicação; dependendo da medicação utilizada.

 

 

Limitações

 

O exame pode ser inconclusivo quando não se atinge a frequência cardíaca submáxima esperada e não ocorrem sinais de isquemia.

 

 

Preparo

 

Jejum de 4 horas.

 

A suspensão da medicação em uso fica a critério do médico assistente e na dependência dos objetivos do exame: se para diagnóstico de doença arterial coronária, caso seja possível, a recomendação é realizar o exame sem os remédios que possam mascarar as manifestações isquêmicas, como betabloqueadores, inibidores dos canais de cálcio e vasodilatadores coronarianos.

 

 

Podem ocorrer complicações ou efeitos adversos?

 

A ecocardiografia sob estresse farmacológico é um método com segurança comprovada em inúmeros centros hospitalares estrangeiros e brasileiros. Alguns efeitos colaterais podem ocorrer, como sensação de formigamento no rosto, náusea, dor de cabeça, dor no peito, elevação da pressão arterial e palpitação. Os efeitos adversos são raros e, quando aparecem, são prontamente detectados. São semelhantes aos observados durante o teste ergométrico.

 

 

Fonte: Hospital Israelita Albert Einstein. "Ecocardiografia sob estresse farmacológico". Conteúdo Editado. Autorizado sob licença CC BY-ND 3.0 BR.

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post