Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva

O que você precisa saber sobre a Arteriografia.

O que você precisa saber sobre a Arteriografia.

A Arteriografia, também conhecida por Angiografia, é um exame diagnóstico minimamente invasivo que observa os vasos sanguíneos.

A arteriografia, também conhecida por angiografia, é um meio de diagnóstico que permite observar a circulação de sangue e os vasos sanguíneos de uma determinada região do organismo, para que se possam identificar possíveis alterações ou lesões, que estejam a causar determinado sintomas.

 

As regiões em que este exame é mais usado são a retina, o coração e o cérebro e, para que seja possível realizá-lo, é necessário utilizar uma substância de contraste, que torna os vasos sanguíneos mais visíveis.

 

Como é feito o exame

 

A metodologia d exame varia de acordo com a região que se pretende analisar. Antes de iniciar o exame, é administrada anestesia local ou sedação e depois é inserido um tubo fino numa artéria, geralmente situada na virilha, que vai sendo encaminhado para a região que se pretende analisar, onde é injetada uma substância de contraste, para depois serem recolhidas as respetivas imagens.

 

Durante o exame, o médico pode aproveitar para remover coágulos, realizar uma angioplastia, que consiste na dilatação de um vaso sanguíneo estreitado, ou inserir uma rede dentro do vaso, para que ele se mantenha funcional.

 

O procedimento demora cerca de 30 minutos a 2 horas e normalmente não provoca dor.

 

Em que situações se deve fazer

 

A arteriografia é um exame que geralmente é indicado nas seguintes situações:

 

    • Doença coronária do coração, como angina;

    • Aneurismas;

    • Aterosclerose;

    • AVC;

    • Infarto do miocardio;

    • Gangrena;

    • Falência de órgãos;

    • Degenerescência macular;

    • Retinopatia diabética.

 

Como se preparar para o exame

 

Antes do exame, o médico pode recomendar suspender algum tratamento que envolva remédios, como antiagregantes plaquetários ou anticoagulantes, que interferem com a coagulação do sangue.

 

Além disso, não se deve comer nem beber depois da meia noite do dia que antecede o exame.

 

No entanto, em alguns casos, este exame pode ter que ser realizado de emergência, não sendo possível fazer uma preparação prévia.

 

Quais os riscos do exame

 

A arteriografia é relativamente segura e é raro ocorrerem complicações. Em alguns casos, podem surgir nódoas negras ou hemorragias na região e mais raramente infecções ou reações alérgicas.

 

 

Fonte: Tua Saúde. "O que é a arteriografia e como é feito o exame". Autorizado sob licença CC BY-ND 3.0 BR.

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez

Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post