Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
Dicas para prevenir a Trombose Venosa Profunda.

Dicas para prevenir a Trombose Venosa Profunda.

A Trombose Venosa Profunda ocorre quando existe a formação de coágulos.

A trombose venosa profunda acontece quando existe formação de coágulos que acabam entupindo alguma veia da perna e, por isso, é mais comum em pessoas que fumam, tomam a pílula anticoncepcional ou que estão acima do peso ideal.

 

No entanto, a trombose pode ser evitada por meio de medidas simples, como evitar ficar muito tempo sentado, beber água durante o dia e utilizar roupa confortável. Além disso, é importante realizar atividade física pelo menos 2 vezes por semana, bem como ter uma alimentação balanceada, rica em legumes e vegetais, e evitar fumar ou ingerir bebidas alcoólicas em excesso.

 

É importante informar ao clínico geral de casos anteriores de trombose venosa profunda ou histórico familiar da doença, uma vez que pode ser recomendado utilizar meias compressivas, especialmente durante viagens longas ou em trabalhos que exijam estar muito tempo de pé.

 

As 5 dicas essenciais para evitar o aparecimento de uma trombose venosa profunda são:

 

1) Evitar ficar muito tempo sentado

 

Para evitar uma trombose venosa profunda uma das dicas mais simples e importantes é evitar ficar muito tempo sentado, pois isso dificulta a circulação do sangue e facilita a formação de coágulos, que podem acabar entupindo uma das veias da perna.

 

O ideal é que, pessoas que precisem ficar por muito tempo sentadas, realizem pausas regulares para se levantar e movimentar o corpo, fazendo uma pequena caminhada ou alongamento, por exemplo.

 

2) Movimentar as pernas a cada 30 minutos

 

Caso não seja possível levantar para alongar e caminhar de forma regular, é recomendado que a cada 30 minutos as pernas e os pés sejam movimentados ou massageados para que a circulação seja ativada e a formação de coágulos seja evitada.

 

Uma boa dica para ativar a circulação das pernas enquanto se está sentado é rodar os tornozelos ou esticar as pernas por 30 segundos, por exemplo.

 

3) Evitar cruzar as pernas

 

O ato de cruzar as pernas pode interferir diretamente no retorno venoso, ou seja, na volta do sangue para o coração. Por isso, é recomendado que as pessoas que têm risco de formação do coágulos evitem cruzar as penas regularmente, pois assim a circulação sanguínea é facilitada.

 

Além de evitar cruzar as pernas, as mulheres também devem evitar andar de sapato alto todos os dias, pois isso também pode favorecer a formação de coágulos.

 

4) Utilizar roupa confortável

 

A utilização de calças e sapatos apertados também podem interferir na circulação e favorecer a formação de coágulos. Por isso, é recomendado que sejam usadas calças e sapatos confortáveis e pouco apertados.

 

Em alguns casos, pode ser recomendada a utilização de meias elásticas, pois têm como objetivo comprimir a perna e estimular a circulação, devendo ser utilizadas conforme a orientação de um médico, enfermeiro ou fisioterapeuta.

 

5) Beber água durante o dia

 

O consumo de pelo menos 2 litros de água por dia é fundamental, pois além de ser essencial para o bom funcionamento do organismo, a água torna o sangue mais fluido, facilitando a circulação e impedindo a formação de coágulos.

 

Além do consumo de líquidos ao longo do dia, é importante ter atenção à alimentação, dando preferência a alimentos que são capazes de estimular a circulação sanguínea, de reduzir o inchaço nas pernas e de impedir a formação de trombos, como o salmão, a sardinha, a laranja e o tomate, por exemplo.

 

 

Fonte: Tua Saúde. "5 dicas para evitar a trombose venosa profunda (TVP)". Autorizado sob licença CC BY-ND 3.0 BR.

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post