Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
Beber água em jejum é bom para a saúde?

Beber água em jejum é bom para a saúde?

Hábito popular no Japão, onde acredita-se que esta prática pode tratar várias doenças.

Há uma crença popular de que beber alguns copos de água imediatamente após acordar, em jejum, é bom para a saúde. Esse é um hábito popular no Japão, onde acredita-se que esta prática pode tratar várias doenças, como dores de cabeça, dores no corpo, melhoria do sistema cardiovascular, artrite, taquicardias, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, doenças nos rins e urina, vômitos, gastrite, diarreia, diabetes, constipação, todas as doenças oculares, do útero, câncer, distúrbios menstruais, doenças do ouvido, nariz e garganta.

 

Considerada assim, com abrangência tão ampla, beber água em jejum parece ser uma panaceia sem sentido. No entanto, a água produz vários benefícios ao organismo:

 

    1) Uma hidratação adequada é importante para o funcionamento correto de todo o organismo, principalmente o cérebro;
    2) O consumo adequado de água ajuda a eliminar os resíduos e nutrientes desnecessários, através da urina, e ajuda na dissolução dos nutrientes a serem   

        absorvidos e transportados pelo sangue para as células do corpo;
    3) A água ajuda a manter a elasticidade e a tonicidade da pele e também atua como um lubrificante para os músculos e articulações;
    4) Mas ingerir água em excesso também pode ser prejudicial! A pessoa urina mais e, ao urinar, também perde sais minerais, cujo equilíbrio é necessário para o bom

        funcionamento do organismo;
    5) Não se deve beber mais de três litros de água por dia, pois isso faz os rins trabalharem mais e sem necessidade.

 

Como tomar água em jejum?

 

Apesar de não haver estudos que comprovem a eficácia deste hábito, a Associação Médica do Japão aconselha que a “terapia da água” deva ser feita da seguinte maneira:

 

    • Ao acordar, antes até de escovar os dentes, deve-se beber quatro copos de água;
    • Não beber ou comer mais nada nos 45 minutos seguintes. Passado este tempo, a pessoa pode comer e beber normalmente;
    • Não comer nem beber nada até duas horas depois do café da manhã;
    • Preferivelmente, a água deve estar na temperatura ambiente ou morna e não deve conter flúor ou outros químicos.

 

A princípio pode ser difícil tomar água pela manhã, mas com o tempo esse hábito ficará mais fácil e mesmo automatizado e o próprio organismo vai começar a solicitar essa ingestão naturalmente. Para que a pessoa se acostume com o consumo de água, ela deve começar com pequenas quantidades. Inicie tomando um copo de água, vá aumentando progressivamente para 2, 3 e 4 copos. Para algumas pessoas, é útil complementar os benefícios da água com um pouco de suco do limão.

 

Quais são os benefícios de tomar água em jejum?

 

    1) Beber água em jejum pela manhã ajuda na produção de novas células musculares e sanguíneas e depura o corpo de toxinas indesejadas.
    2) Tomar água em jejum auxilia no equilíbrio do sistema linfático do corpo, ou seja, facilita a drenagem da linfa;
    3) Beber água em jejum ao acordar limpa o intestino, fazendo com que os nutrientes sejam absorvidos mais facilmente ao longo do dia;
    4) A ingestão de água ao acordar contribui para o tratamento de várias doenças, como as relacionadas anteriormente;
    5) Beber água em jejum ao acordar acelera o metabolismo em até 25%, aumentando a queima calórica durante todo o dia e provendo uma inibição do apetite,

        sendo uma boa tática para ajudar a emagrecer;
    6) A água é um importante combustível para o cérebro, 75% do qual é feito de água. A hidratação tem grande influência sobre ele;
    7) Beber água em jejum evita a constipação, já que a principal causa da constipação é a desidratação.

 

As bebidas alcoólicas, ao contrário, desidratam muito o corpo e podem anular os benefícios de tomar água.

 

 

Fonte: AbcMed, 2018. "Tomar água em jejum - é mesmo benéfico?". https://bit.ly/2KLeD5S

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post