Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva

Saiba o que é Pericardite, seus sintomas e as suas possíveis causas.

Saiba o que é Pericardite, seus sintomas e as suas possíveis causas.

Na maioria dos casos, a doença é leve e costuma melhorar por conta própria.

Quando a membrana que protege e envolve o coração é afetado por uma inflamação, temos o quadro de Pericardite. Embora afete pessoas de qualquer idade, é mais comum em homens entre 20 e 50 anos.

 

Em geral, a Pericardite é leve e some sozinha. Nos casos mais graves ou sintomáticos, ocorrendo, por exemplo, com uma Miocardite, se faz necessária a utilização de terapias específicas para impedir complicações.

 

• O que é Pericardite e qual o quadro clínico do paciente?

 

É um inchaço, irritação ou inflamação da membrana em forma de saco que envolve o coração (pericárdio). Geralmente, o quadro clínico do paciente com Pericardite, surge após algum tempo de um episódio virótico ou infecção causada por bactérias. O paciente, então, pode apresentar alguns dos sintomas abaixo:

 

- Dor aguda no peito, que pode irradiar para o ombro esquerdo e pescoço;

- Dor muscular;

- Fadiga;

- Febre;

- Infecção de vias aéreas superiores;

- Sintomas de gastroenterite, como diarreia.

 

Alguns dos sintomas podem variar conforme o tipo de Pericardite. Por exemplo, nos casos agudos, o paciente sente alteração nos batimentos cardíacos, tosse, fraqueza e dificuldade de respirar. Em casos crônicos, podem desenvolver inchaço nas pernas e hipotensão (pressão arterial baixa).

 

• O que pode causar a Pericardite?

 

Na grande maioria dos casos, a Pericardite é causa por um vírus, seja dos mais comuns, como o da gripe, mas bactérias, fungos e alguns parasitas também podem ser os causadores. Já a forma crônica ou recorrente da Pericardite, normalmente está relacionada com doenças reumatológicas (lúpus, esclerodermia e artrite reumatoide).

 

A Pericardite também pode aparecer após um infarto, pelo fato deste, causar uma inflamação do músculo cardíaco prejudicando a membrana externa. A Miocardite — inflamação do músculo do coração (miocárdio) —, quando se apresenta de forma intensa, pode acometer também o pericárdio, e quando ocorre conjuntamente com a Pericardite, dizemos que temos uma Miopericardite.

 

Encontramos também outras causas possíveis como: tumores locais, insuficiência renal, tuberculose, lesões por radioterapia e uso de certos medicamentos, como anticonvulsivos.

 

Justamente pelo fato da Pericardite ser facilmente confundida com viroses comuns, fique sempre atento aos sintomas e busque prontamente a ajuda médica. Só assim é possível tomar medidas precoces.

 

 

Um abraço para todos.
Dr. Rodrigo Paez | Cardiovascular | CRM-SP: 94060
Cirurgia Geral - RQE Nº. 22272
Cirurgia Cardiovascular - RQE Nº. 22273

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez

Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post