Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
Você sabia que a hipertensão aumenta no inverno?
Você sabia que a hipertensão aumenta no inverno?

No inverno, os vasos sanguíneos têm o diâmetro diminuído, restringindo a circulação e aumentando a pressão arterial.

De acordo com o cirurgião cardiovascular do CECAM, Rodrigo Pereira Paez, no inverno, os vasos sanguíneos têm o diâmetro diminuído. Fato que restringe a circulação e aumenta a pressão arterial. Esse cenário pode ser um complicador para quem sofre de hipertensão. A doença pode provocar uma série de sintomas, como cefaleia, enjoo, dor nos olhos e cansaço excessivo.

 

A hipertensão pode ter sérias consequências para a saúde e levar a infarto, AVC, edema de pulmão, sangramentos oculares, nasais, pancreáticos e a dissecção da aorta. Segundo o Ministério da Saúde, a pressão alta, como é conhecida popularmente, atinge mais de 30 milhões de pessoas no País, estimando que um a cada 4 brasileiros sofra da condição que aumenta com a queda da temperatura.

 

Além do cuidado redobrado para adultos com mais de 35 anos e idosos, o cirurgião cardiovascular dá algumas dicas que auxiliam na prevenção da doença.

 

• Evite alguns alimentos e medicamentos:
Os pacientes diagnosticados com hipertensão devem evitar ao máximo a ingestão de sódio, isso inclui temperos industrializados e alimentos embutidos. Além disso, deve-se cancelar também o uso de anti-inflamatórios e corticoides.

 

• Pratique atividades físicas:
Mesmo nos dias mais frios, a prática regular de atividades físicas serve para prevenir e auxiliar no controle natural da condição. “Exercícios aeróbicos e prolongados ajudam a prevenir a hipertensão a médio e longo prazo, pois, nesse tipo de exercício, o corpo aquece e transpira, tendo efeito vasodilatador. Dessa forma, a perda de líquidos e sais acontece naturalmente, o que é tão benéfico quanto o uso de medicação”, afirmou o especialista. É necessário, porém, estar com a pressão controlada antes de iniciar essas práticas, evitando assim crises e descompensações durante os treinos.

 

• Administre o estresse:
A falta de repouso e situações frequentes de estresse são alguns dos principais agravantes dos quadros de hipertensão. Portanto, aprender a administrar situações de conflito, ter, pelo menos, oito horas de sono diárias e repousar o suficiente são algumas das recomendações do cirurgião.

 


Fonte: UOL - Vida Fit. "Sabia que a hipertensão aumenta no inverno? Veja como evitar". Por: Luana Ponsoni. https://goo.gl/rBAc5Y

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post