Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
Conheça as causas e tratamentos para aqueles pequenos vasinhos que surgem nas pernas.
Conheça as causas e tratamentos para aqueles pequenos vasinhos que surgem nas pernas.

Os vasinhos surgem na superfície da pele, são muito finos e ramificados e são mais frequentes em mulheres.

A telangiectasia, também conhecida como aranhas vasculares, são pequenos 'vasinhos' capilares vermelhos ou roxos, que surgem na superfície da pele, muito finos e ramificados, mais frequente nas pernas e rosto, principalmente no nariz, pescoço, tórax e extremidades superiores e inferiores, sendo mais evidentes nas pessoas de pele clara. A telangiectasia é mais comum em mulheres e podem ser sinais indicativos de algumas doenças, como lúpus eritematoso sistêmico, cirrose, esclerodermia e sífilis, por exemplo.

 

Estes vasinhos podem ser vistos a olho nu e formam uma espécie de 'teia de aranha' e na maior parte dos casos estes vasinhos não provocam problemas graves de saúde ou sintomas, tratando-se assim apenas de um incomodo estético, porém em algumas mulheres eles podem causar dor ou queimação na região, especialmente durante o período menstrual.

 

A principal diferença entre os vasinhos e as varizes é o seu tamanho, porque são exatamente a mesma doença. Os vasinhos possuem entre 1 e 3 mm, sendo mais superficiais, enquanto que as varizes são maiores de 3 mm e afetam vasos sanguíneos maiores e mais profundos. Um vasinho não pode virar uma variz porque ele já atingiu o seu ponto máximo, mas o que pode acontecer é a pessoa ter ao mesmo tempo vasinhos e varizes.

 

Principais causas

 

Apensar destes pequenos vasinho poderem ser observados a olho nu pela própria pessoa, é recomendado consultar o médico angiologista para que ele possa avaliar a circulação da região, identificar o problema e sugerir o melhor tratamento. O médico deve identificar o vasinho, diferenciando das varizes, porque precisam de tratamentos diferentes.

 

Alguns fatores que favorecem a formação destes vasinhos nas pernas são:

 

    • Ter casos na família;

    • Ficar muito tempo de pé na mesma posição, como corre com as cabeleireiras, professoras e vendedoras de lojas;

    • Estar acima do peso;

    • Tomar a pílula anticoncepcional ou usar o anel vaginal ou outro hormônio;

    • Idade avançada;

    • Consumo de álcool;

    • Fatores genéticos;

    • Durante a gravidez devido o aumento do volume da barriga e diminuição do retorno venoso nas pernas.

 

Os vasinhos nas pernas afetam especialmente as mulheres e são mais visíveis na pele muito clara, ficando mais disfarçados quando a pele está mais bronzeada e em tons de pele de morenas, mulatas ou negras.

 

Como é feito o tratamento para secar os vasinhos

 

Os vasinhos nas pernas podem ser eliminados pelo médico angiologista, através da realização de uma técnica chamada de escleroterapia, também conhecida por “aplicações com espuma”. Esta técnica pode ser feita em consultório médico e recorre à utilização de agulhas e um medicamento que é injetado dentro do vasinho para interromper o fluxo de sangue. Isso seca estes vasinhos, eliminando o caminho da circulação sanguínea. O tratamento para as telangiectasias no rosto normalmente é feito por meio do laser.

 

Todo o tratamento pode ser complementado através da realização de dieta e exercícios físicos orientados pelo médico, assim como pode ser recomendado o uso de meias elásticas. O médico pode também recomendar um controle hormonal para prevenir o surgimento de novos vasinhos, podendo ser recomendada a interrupção da pílula anticoncepcional, por exemplo, além de poder recomendar o uso de ácido ascórbico via oral e dermoabrasão local.

 

Como é o diagnóstico

 

O diagnóstico de telangiectasia é feito por meio de exames de laboratório e de imagem que são indicados com o objetivo de descartar outras doenças relacionadas. Por isso, o médico por recomendar a realização de exame de sangue, exames para avaliar o funcionamento do fígado, raio-X, tomografia ou ressonância magnética.

 

 

Fonte: Tua Saúde, 2019. "Vasinhos nas pernas (telangiectasia): principais causas e o que fazer". Autorizado sob licença CC BY-ND 3.0 BR.

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post