Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular

Publicações

Notícias e artigos sobre saúde, bem-estar, tratamentos cardiovasculares e medicina preventiva
Acelerar a caminhada reduz o risco de doenças cardiovasculares.
Acelerar a caminhada reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Hábito diário pode ajudar a prever morte prematura.

Segundo um novo estudo, realizado por cientistas da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, a saúde das pessoas que caminham mais rápido piora de forma mais lenta do que a das pessoas que andam mais devagar.

 

A pesquisa, publicada esta semana na Medical Xpress, quanto mais rápido uma pessoa andar, melhor será sua saúde. De acordo com os especialistas, esse indicador pode ajudar a avaliar o risco de doenças cardiovasculares e distúrbios do sistema nervoso, patologias potencialmente fatais.

 

Cirurgiões cardíacos explicaram também que a velocidade do passo também pode ser uma forma de identificar quais os pacientes que teriam mais probabilidade de desenvolver complicações no pós-operatório.

 

Em igual sentido, os médicos poderiam usar a velocidade com que os seus pacientes caminham como um dos indicadores para determinar sua idade biológica, que pode ser muito diferente de sua idade “cronológica”, sugere a publicação.

 

A conclusão do estudo não implica começar a andar mais rápido, pois não há evidências que demonstrem que aumentar a velocidade afeta automaticamente a saúde. Contudo, alertam os especialistas, é necessário entender quão fisicamente ativos somos.

 

Se o andar de uma pessoa diminui de velocidade, especialmente quando acontece de forma significativa, pode indicar um agravamento no estado de saúde subjacente. No fundo, a forma como andamos é um sintoma, a que devemos estar especialmente atentos.

 

 

Fonte: Cibéria, 2018. "Hábito diário pode ajudar a prever morte prematura". https://bit.ly/2Qw9k0I

"O conteúdo disponível neste website tem caráter estritamente educativo e informativo. Seus artigos, matérias e notícias visam fornecer informações que possam auxiliar no esclarecimento de dúvidas em relação às medidas preventivas para saúde, exames diagnósticos, tratamentos e a problemas diversos relacionados com a saúde. Não é finalidade deste website, representando o médico Dr. Rodrigo Pereira Paez, a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico. Os conteúdos aqui apresentados não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, psicólogos e nutricionistas ou outros especialistas. Consulte sempre o seu médico. As imagens fotográficas das publicações, artigos, matérias ou notícias são meramente ilustrativas."

Rodrigo Paez
Rodrigo Paez

Formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina e especialista em Cirurgia Cardíaca, Cardiovascular, Endovascular e Marcapassos. Adepto da cirurgia cardíaca minimamente invasiva é pesquisador do estudo multicêntrico Bypass, que reune os melhores centros de cirurgia cardíaca do Brasil.

  • Compartilhe este post